A liturgia eucarística – 10ª parte

Home / Evangelização / A liturgia eucarística – 10ª parte

A liturgia eucarística – 10ª parte

10º. A Oração eucarística se exprime em diversas formulações. O grupo litúrgico precisa estar atento para que todas sejam usadas. Elas têm um esquema unitário, de grande valor teológico-espiritual. A Instrução ao Missal (n. 78) elenca “os principais elementos que compõem a Oração eucarística”.

Nessas Orações, como vimos, se encontram os temas principais da teologia eucarística e também os motivos essenciais da espiritualidade eucarística:
– A ação de graças como ambiente espiritual;

– a invocação do Espírito Santo (epiclese pré-consagratória) alma de todo organismo sacramental cristão;

– a narrativa da Ceia do Senhor como “memorial” da Páscoa do Senhor, reproposta e revivida sacramentalmente e espiritualmente pela assembleia;

– a oferta do sacrifício de Cristo ao Pai da parte de uma assembleia que invoca o Espírito Santo (epiclese pós-consagração) sobre a Igreja ali reunida, para que continue no mundo o testemunho messiânico da obra de Jesus;

– a oração que intercede pela Igreja presente no mundo e na espera da felicidade na beatitude eterna;

– a glorificação do Pai por meio do Filho pelo Espírito Santo: razão de ser de toda liturgia, atividade eclesial e vida cristã.

Estes temas da fé, motivos para a espiritualidade, devem ser conhecidos dos fiéis catequizados, mas necessitam sempre de aprofundamento e interpelação. O seu lugar próprio é a catequese, que usará um dos textos da Oração eucarística. Além disso, o grupo litúrgico poderá usar oportunamente as ocasiões oferecidas em retiros, encontros de grupos e movimentos para ajudar os fiéis a compreenderem o sentido da eucaristia cristã e suas implicações na vida.


A consciente participação na Oração eucarística.


Últimos Artigos

Faça um comentário