a missa no ano litúrgico – 3ª parte

Home / Evangelização / a missa no ano litúrgico – 3ª parte

a missa no ano litúrgico – 3ª parte

3º. “O domingo é o fundamento e o núcleo do Ano litúrgico… Ele é a festa primordial que deve ser lembrado e inculcado à piedade dos fiéis” (IGMR 106). Este princípio da tradição é reapresentado pelo Concílio Vaticano II e merecedor das belíssimas Cartas de João Paulo II, uma Apostólica: “Dies Domini” (1998) e outra, Encíclica: “Ecclesia de Eucharistia” (2003). O grupo litúrgico procure dar às assembleias eucarísticas dominicais o seu caráter festivo de Páscoa semanal, deixando espaço às caracterizações que cada domingo recebe do seu ser situado em um Tempo litúrgico.

O domingo deve ser considerado pelos cristãos, “de modo que seja também um dia de alegria e de descanso do trabalho” (IGMR 106). O catecismo da Igreja Católica nos lembra que o “domingo é tradicionalmente consagrado pela piedade cristã às boas obras e aos humildes serviços de que carecem os doentes, os enfermos, os idosos” (2186). O grupo litúrgico, de acordo com outros grupos paroquiais, tome iniciativas a propósito, a fim de que o domingo torne-se para a assembleia litúrgica o lugar onde a comunidade exprime estas atividades caritativas, prolongando e difundindo o que se celebra.

Para tal fim, poderia haver uma chamada ou aviso da parte dos encarregados destas atividades, como também, dedicar-lhe uma intenção na Oração dos fiéis ou dar-lhe uma expressão específica na procissão das ofertas.


O domingo, dia da alegria e da caridade: exprimir na assembleia as atividades da comunidade.


 

Últimos Artigos

Faça um comentário