A missa no ano litúrgico – 4ª parte

Home / Evangelização / A missa no ano litúrgico – 4ª parte

A missa no ano litúrgico – 4ª parte

4º.Em torno da Páscoa anual e da sua preparação se desenvolvem normalmente muitas atividades pastorais de conversão-reconciliação, extraídas da liturgia da Quaresma, sem levar em conta o Tempo Pascal. Estudando a liturgia de preparação e de extensão da Páscoa, o grupo litúrgico leve em consideração a unidade do ciclo: Quaresma-Tríduo pascal-Tempo de Páscoa, e procure as maneiras de propô-la como tal aos fiéis.

Empenhar-se só na Quaresma sem usufruir do clima festivo da Páscoa a Pentecostes, é como propor à comunidade um esforço extraordinário sem colher dele o resultado que o recompensa. Do ponto de vista antropológico-cultural não há nenhum sentido propor um esforço em direção a uma meta prometida, se tal promessa é só provada e não degustada na vida.

Se a Quaresma é um sinal do seguimento a Jesus, para compreender sua Palavra, para converter-se ao projeto evangélico e assumi-lo com responsabilidade, por que se limitar a esse ponto? É preciso abertura aos dons do Espírito Santo, à solidariedade eclesial que a sustém, à caridade social que a anima e à perspectiva missionária que a orienta.

Sobre o equilíbrio entre exigência moral e empenho ascético, expressos pela Quaresma, e a vida segundo o Espírito Santo fecundada de caridade, celebrada no tempo da Páscoa, se joga o dinamismo e a perseverança mesma da existência cristã  e se manifesta o que é a Igreja no mundo.


Equilíbrio litúrgico-pastoral entre o período da Quaresma e o do Tempo Pascal.


Últimos Artigos

Faça um comentário